Lama Gangchen World Peace Foundation

Os principais objetivos propostos da Fundação são apoiar o desenvolvimento da Paz Mundial, criando as condições para um verdadeiro sistema educacional de paz interior a todos os níveis, e promover um intercâmbio cultural, espiritual e material concreto entre o Oriente e o Ocidente. Em essência, isso também inclui a promoção do diálogo entre ciência e religião, uma condição necessária para o crescimento humano real, bem como uma “reconciliação da espiritualidade com a economia e a política”, isto é, uma “reconciliação entre o mundo material e não material”.

A Fundação se concentra principalmente na disseminação da educação de paz interior e do método de Autocura para o corpo, mente e meio ambiente; um método que toma suas raízes na tradicional filosofia budista tântrica que Lama Gangchen adaptou para a ocupada sociedade moderna em que vivemos.

Lama Gangchen dedica sua energia particularmente ao diálogo inter-religioso com a convicção de que somente unindo todas as energias positivas do planeta, tanto no nível interno quanto externo, podemos alcançar a paz mundial. Para concretizar essa visão, em 1995, ele escreveu e apresentou uma proposta para a criação de um fórum permanente dentro da ONU – “Fórum Espiritual das Nações Unidas para a Paz Mundial” – em que todas as denominações religiosas, seus líderes e representantes podem se reunir para planejar ações pela paz interior e mundial.

Um fórum espiritual para “identificar soluções não materiais”, que deve tornar-se o “principal órgão deliberativo das mais eficazes soluções internas para problemas externos e internos”: uma solidariedade humana para o século XXI.

Lama Gangchen Rinpoche at VN

Desde 1995, a Lama Gangchen World Peace Foundation tem promovido este conceito em todo o mundo, apresentando-o a líderes religiosos e espirituais, chefes de estado, líderes políticos, ao Secretário-Geral das Nações Unidas, a Boutros Ghali e Kofi Annan, embaixadores, economistas, industriais, organizações e instituições religiosas, espirituais e ecumênicas, ONGs, figuras mundiais proeminentes e muitos outros, em um esforço dedicado para oferecer a cada indivíduo e ao coletivo, um convite aberto para fazer o “melhor investimento para as gerações futuras”, baseado na paz interior como a linguagem comum, reforçando a necessidade de todos nós olharmos mais de perto o seu significado mais profundo.

Vários grupos Nacionais e Internacionais foram formados para apoiar a sua inauguração por interesse e consentimento mútuos, entre os quais está o Fórum Espiritual no Grupo das Nações Unidas em Nova York que está trabalhando em uma proposta coletiva para apresentar a ideia do Fórum Espiritual e justificar a necessidade da espiritualidade e do desenvolvimento da cultura de paz dentro da ONU.

O trabalho concentra-se na promoção, lobbying e conscientização em todo o mundo para trazer a mensagem de espiritualidade para o foco e relevância no século XXI, já que a definição da espiritualidade e sua relevância neste milênio está rapidamente se tornando um tema de muita discussão em todos áreas da sociedade e há um apelo definitivo para que a interdependência global seja trazida além do nível físico / material para um nível espiritual “superior” que conecte tudo em um espírito de solidariedade humana para encontrar novas abordagens para o entendimento humano.

 

Sede centrale in Italia:

Isthar D.-Adler, Rappresentante ONU
Via Zara 20, Albagnano di Bée (VB) Italy

Tel +39-335-6140584
Tel/Fax +39-0323-569608
Email: 

X