Lama Michel Rinpoche

Lama Michel Rinpoche

Biografia Resumida

Lama Michel Rinpoche nasceu em 1981, em São Paulo, Brasil.

Aos cinco anos sua conexão com o budismo tibetano tornou-se evidente quando encontrou-se com Lama Gangchen Rinpoche durante sua primeira visita ao Brasil, organizada por seus pais.
Nos anos seguintes, Lama Gangchen Rinpoche e outros mestres reconheceram Lama Michel como um tulku, a reencarnação de um mestre budista tibetano. Grandes Lamas como Zopa Rinpoche e Ghelek Rinpoche confirmaram que Lama Michel é a reencarnação de Drubchok Gyawal Sandrup, grande iogue e mestre tântrico da tradição Gelugpa.

Com o passar dos anos, a ligação de Lama Michel com Lama Gangchen se fortaleceu. Com doze anos ele decidiu se engajar à vida monástica no monastério de Sera Me, no Sul da Índia.

Em 8 de julho de 1994, Tcho Kör Duchen, dia dos primeiros ensinamentos de Buddha, Lama Michel foi entronizado, tanto no Monastério de Sera Me como no Monastério de Tashi Lhunpo, no sul da Índia.

O nome tibetano de Lama Michel é Jangchub Choepel Lobsang Nyentrag que significa “Mente pura e famosa que difunde o dharma da iluminação”.

Viveu por 12 anos no Monastério de Sera Me, onde recebeu formação tradicional que é dada aos Lamas, tanto na filosofia quanto nas práticas de meditação.
Sera Me é uma universidade monástica com quatro mil monges. Lama Michel, um dos únicos ocidentais ali, se destacou nos estudos, ficando entre os primeiros de sua classe.

 

Em 2006 Lama Michel começou a estudar no Monastério de Tashi Lhumpo, em Shigatse, no Tibete. Desde então tem passado dois meses por ano lá, sob a orientação do abade do monastério, Kachen Losang Puntsok Rinpoche, um dos principais mestres vivos do Tibete. Em Tashi Lhumpo, dedicou-se aos estudo da filosofia, tantra, medicina e astrologia, completando sua formação na filosofia budista – práticas de meditação, Lam Rim, Lo Djong e Vajrayana.

Desde muito jovem, Lama Michel viaja com Lama Gangchen pelo mundo dando palestras e ensinamentos de maneira muito amorosa e próxima dos seus amigos e discípulos. Ele ensina de forma acessível, com clareza, adaptando os ensinamentos que recebe de seus mestres às necessidades das pessoas do nosso tempo.

Em 1996 foi lançado o livro, “Uma Jovem Ideia de Paz”, uma compilação das palestras dadas por ele durante sua primeira visita como monge ao Centro de Dharma da Paz, em São Paulo, em 1995. Seu segundo livro, “Coragem para seguir em frente”, foi publicado em 2006 pela Editora Gaya.

Desde 2006 vive na Itália junto ao seu mestre Lama Gangchen Rinpoche, e orienta diversos centros budistas como o Kunpen Lama Gangchen, em Milão, o Albagnano Healing Meditation Centre, em Bee-Verbania, além de outros centros espalhados pelo mundo. No Brasil, junto com Lama Gangchen, orienta o Centro de Dharma da Paz. Realiza, com regularidade, conferências em congressos como o Conference on Integrative Psychiatry, na Holanda e na Fundação Dhammakaya, na Tailândia.

É vice-presidente da Fondazione Lama Gangchen per una Cultura di Pace, na Itália e presidente da Fundação Lama Gangchen para a Cultura de Paz, no Brasil.

Lama Michel Rinpoche nos traz de maneira clara e acessível os conceitos mais importantes da filosofia e do estilo de vida ensinados por Buddha Shakyamuni para que nossa vida cotidiana se torne um caminho para a iluminação.

lama-michel-rinpoche